Autor: Junqueiro, Guerra
Título: PATRIA
Editor: Livraria Chardron de Lello & Irmão, Editores
Local: Lisboa
Data: 1896
Descrição:

Junqueiro, Guerra

PATRIA, Livraria Chardron de Lello & Irmão, Editores, Lisboa, 1896.

In-8º, de 216 pp., ½ encadernação em sintético azul c/ cantos e dourados simples na lombada.  É a 2ª edição, que inclui as Anotações finais, e que seria publicada no mesmo ano da 1ª.  Conserva as capas de brochura. 

“No seu tempo, J. apaixonou e dividiu o público, devido sobretudo ao estilo panfletário e à sátira que marcam parte significativa da sua obra.  O debate, então aberto, sobre o real valor da sua produção prolongou-se pela primeira metade do séc. XX.” (Isabel Rocheta in Biblos, Verbo, Lx/ S.Paulo, 1997, a col. 1304)
Pátria foi uma das obras que teve gr. impacto junto do público e da crítica, desde a sua publicação.  A crítica explícita à situação do País tecida por Junqueiro neste livro provocou reacções mais ou menos acesas, entre as quais se contam a de José Veríssimo, na Revista Brazileira (ainda em 1896; refutada por Sampaio Bruno), a de Leonardo Coimbra, Lopes d’ Oliveira e, mais recentemente, de Helder Macedo e Carlos Seia, entre outros.
Sobre Abílio Guerra Junqueiro (Freixo de Espada à Cinta, 1850-1923), vida e obra, ver: 

http://www.cm-vilareal.pt/gremio/images/publicacoes/poesia/guerra_junqueiro.pdf

Estado de conservação:  acidez muito ligeira do papel e foxing mais acentuado nas capas de brochura.
Dim.:  19 x 13 cm

Preço: € 41,5
Referência: l-100963-20